Livro: Móvel Brasileiro Moderno
FGV Projetos lança livro que conta a história do design de móveis brasileiros da década de 1920 a 1960
Edição de luxo traz imagens inéditas de grandes obras que influenciam
designers em todo o mundo
Móvel brasileiro moderno documenta um panorama geral da história recente do design de móveis no Brasil. É um registro das principais obras que inauguraram o modernismo no design de móveis, ditando novas tendências, visíveis até hoje em trabalhos contemporâneos. Com essa publicação, a FGV Projetos, que vem inovando com a institucionalização de entidades culturais, se destaca também na área da cultura ao incentivar a pesquisa e difusão no campo das artes.
O modernismo brasileiro teve seu marco inaugural na Semana de 22, início da renovação estética que revolucionaria especialmente as artes e a literatura, e pela arquitetura de Oscar Niemeyer e Lucio Costa, que veio por fim à tradição colonial. Pouco se fala do mobiliário, projetado para harmonizar esses novos espaços em função de uma realidade genuinamente brasileira. Cadeiras, sofás, espelhos e mesas ganharam novas formas, novos materiais e, especialmente, novos conceitos.
O livro traça uma linha geral da história desde os anos 1920, com a emergência de novas ideias e de uma nova estética, até por volta dos anos 1960, quando o mobiliário moderno já estava difundido e diversificado. Apresenta histórias, imagens e curiosidades de cada década, o que faz da edição uma excelente fonte de pesquisa e discussão acerca do novo design brasileiro, o de vocabulários diversos e com um projeto contemporâneo.
Em Móvel brasileiro moderno é possível encontrar peças idealizadas por artistas, arquitetos e designers como Gregori Warchavchik, Lucio Costa, Oscar Niemeyer, Flávio de Carvalho, Joaquim Tenreiro, Lina Bo Bardi, Giuseppe Scapinelli, Zanine Caldas, Geraldo de Barros, Abraham Palatnik, Michel Arnoult, Carlo Hauner, Martin Eisler, Sergio Rodrigues, Jean Gillon, Jorge Zalszupin, Ricardo Fasanello, Bernardo Figueiredo, Paulo Mendes da Rocha e peças do atelier Branco & Preto. Além disso, a publicação apresenta fotos inéditas. Entre as peças selecionadas, algumas foram fotografadas pela primeira vez.

Momento de sinergia

“Ao dar apoio à edição de Móvel moderno brasileiro, a FGV Projetos documenta uma trajetória de sucesso, que floresce até os dias de hoje e influencia novos designers e arquitetos, valorizando a cultura brasileira”, comenta Cesar Cunha Campos - diretor da FGV Projetos.
“A iniciativa de publicar Móvel brasileiro moderno consagra uma produção, firmada na década de 1940, cuja excelência e singularidade parecem eclodir em coincidência com a própria trajetória da FGV”, afirma Paulo Herkenhoff.

Realizado pela FGV Projetos e publicado pela Aeroplano Editora, o livro Móvel brasileiro moderno tem a direção editorial de Paulo Herkenhoff e organização de Marcelo Vasconcellos.

Móvel Brasileiro Moderno, org. Marcelo Vasconcellos e Maria Lúcia Braga
ISBN: 978-85-7820-064-0 Aeroplano Editora
300 p – R$ 195,00

O livro encontra-se à venda na galeria Passado Composto Século XX que colaborou com imagens do acervo e textos da diretora Graça Bueno.
voltar home