Magdalena Abakanovicz
Destacamos a obra monumental “Helena” (1964-5), uma das tapeçarias premiadas com medalha de ouro na VIII Bienal de SP em 1965, de Magdalena Abakanowicz que é considerada a artista polonesa de maior reconhecimento internacional. Magdalena foi uma das principais representantes da escola polonesa de tapeçaria e precursora do movimento da Arte Tecida no mundo. Na tapeçaria “Helena”, Abakanowicz que era apaixonada por tecer as suas próprias obras, aplicou a sua técnica inovadora e autoral de entrelaçamento de fios e sistema de nós com diversos materiais, como cordas de algodão, crina de cavalo, seda e lã tecidas. O relevo desta obra marca o início da tridimensionalidade nas obras tecidas por Magdalena.

Abakanowicz (Polônia,1930-2017), trabalhou em seus últimos anos ativamente como escultora, tem suas obras históricas e contemporâneas em coleções particulares e em dezenas de museus internacionais importantes, como nos Estados Unidos, em Nova York, no MoMA, no Metropolitan e no MAD; em Chicago, no MCA; em Napa, no The Hess Collection; e na Europa, na Holanda, em Amsterdam, no Stedelijk Museum; e na França em Paris, no Pompidou, assim como em seu país natal, na Polônia, em Varsóvia , no Museu de Arte Moderna dentre outros.
voltar home